10 monumentos imperdíveis de Sevilha

Índice

Monumentos imperdíveis de Sevilha

Sevilha

A cidade de Sevilha é uma das cidades mais bonitas e exóticas do mundo, cheia de história, cultura e tradições únicas que vale a pena conhecer.

Neste artigo, vamos mostrar-lhe os 10 monumentos essenciais desta cidade, desde a Catedral até ao Real Alcazar. A não perder!

É uma cidade de contrastes, com os seus monumentos antigos e modernos, a sua arquitetura e património artístico que combina elementos árabes, cristãos e judeus. É também a capital andaluza por excelência, com as suas ruas estreitas cheias de vida e alegria.

Está cheio de segredos para descobrir, e vai certamente ficar encantado ao explorá-lo!

Free Tour Córdoba
Free Tour Granada
Free Tour Jaén
Free Tour Málaga

Catedral de Sevilha.

A Catedral de Sevilha é uma das maiores catedrais do mundo e o maior monumento religioso da Andaluzia. É uma magnífica obra-prima da arte gótica, construída no final do século XV no local da antiga mesquita principal da cidade.

A catedral é um edifício imponente com três naves, 132 metros de altura e 153 metros de comprimento. A capela real, onde estão sepultados os monarcas católicos Fernando II de Aragão e Isabel I de Castela, é o espaço mais notável da catedral.

Outras jóias arquitectónicas incluem o retábulo-mor, considerado um dos maiores painéis de pintura do mundo, e o famoso Giraldillo, a estátua no topo da torre que representa Santo Hermenegildo, padroeiro de Sevilha.

O interior da catedral é tão impressionante como o exterior. Com os seus enormes pilares e abóbadas pontiagudas, produz uma sensação de imensidão difícil de descrever. Outros destaques incluem os impressionantes vitrais com mais de 50 000 vitrais e as numerosas esculturas no altar-mor, concebidas pelas melhores oficinas de Sevilha durante a Idade Moderna.

O Alcázar de Sevilha.

O Alcázar de Sevilha é um monumento essencial da cidade. Foi construído no século IX como um palácio real e, desde então, tem sido a residência de muitos reis e governantes. Atualmente, o Alcazar é uma das atracções turísticas mais populares de Espanha e pode ser visitado para admirar o seu magnífico exterior e interior.

Para além da beleza arquitetónica do edifício, o Alcázar alberga uma riqueza de tesouros artísticos e culturais. Os visitantes podem apreciar a impressionante decoração em mármore e azulejos, bem como os belos jardins. O Alcazar alberga também colecções antigas de armas, jóias reais e objectos únicos.

O Alcazar está aberto aos turistas todos os dias do ano, incluindo domingos e feriados. É aconselhável chegar cedo para evitar as longas filas que se formam frequentemente aos fins-de-semana. A entrada custa 8 euros para adultos com mais de 18 anos, com descontos para estudantes e crianças.

La Giralda, Sevilha

A Giralda.

A Giralda é um dos monumentos mais emblemáticos de Sevilha. Trata-se da antiga torre do minarete da mesquita-catedral de Santa María de la Sede, construída no século XII.

A Giralda é um dos monumentos mais altos de Espanha, com uma altura de 97 metros. A partir do seu terraço, pode desfrutar de vistas magníficas sobre toda a cidade.

A Giralda tornou-se um dos principais símbolos da cidade. Está decorada com motivos árabes, tais como arcos, colunas e brasões. Além disso, no cimo da torre há uma estátua rotativa que representa a “Giraldilla”, que simboliza o vento.

Atualmente, La Giralda faz parte do Património Histórico-Artístico e Cultural de Sevilha e é visitada por milhares de turistas todos os anos. É um local ideal para admirar as maravilhas arquitectónicas da cidade e desfrutar dos seus encantos.

A Praça de Espanha.

A praça, construída para a Exposição Ibero-Americana de 1929, está rodeada por um canal onde navegam barcos.

No centro da praça, encontra-se um monumento a Miguel de Cervantes e às suas personagens, Dom Quixote e Sancho Pança. É um local ideal para tirar uma fotografia ou fazer uma pausa numa das muitas cadeiras dispostas à volta do monumento.

A arquitetura da praça é muito impressionante e vale a pena subir às plataformas de observação em ambos os lados do canal para ter uma vista completa da praça. Se for com crianças, elas vão gostar de correr nos amplos espaços verdes.

Maria Luisa Park.

O Parque Maria Luisa é o pulmão de Sevilha. Situado no centro histórico, este espaço verde, com mais de 200 anos, alberga numerosos monumentos, edifícios e jardins. Destacam-se o Palácio de San Telmo, sede da Câmara Municipal, e o Museu Arqueológico Provincial. Também é possível ver as Colunas de Carlos Magno, uma fonte decorada com mosaicos e uma estátua equestre do rei Fernando III, o Santo.
Durante o ano, o parque acolhe numerosos eventos culturais, como o Festival Internacional de Sevilha e a Feira de abril. Aos fins-de-semana, há também música ao vivo e actividades para toda a família.
O melhor deste parque é o facto de estar aberto todos os dias do ano e ser gratuito. É um local perfeito para passear, relaxar, desfrutar do sol e da natureza, bem como admirar a beleza arquitetónica que oferece.

O Palácio do Arcebispo.

O Palácio do Arcebispo é uma das jóias mais importantes de Sevilha. Trata-se de um magnífico edifício barroco do século XVIII, que alberga o Museu Diocesano e a Catedral de Sevilha. O palácio está situado na Plaza Virgen de los Reyes, no centro histórico de Sevilha.

A fachada principal do palácio é uma impressionante obra-prima do barroco sevilhano, decorada com um magnífico mosaico. No interior do palácio, é possível admirar numerosas pinturas e esculturas, bem como a impressionante catedral gótica.

Uma das principais atracções do Palácio do Arcebispo é a Basílica de la Macarena, uma das igrejas mais veneradas de Espanha. Esta basílica alberga a Virgen de la Macarena, uma imagem milagrosa que remonta ao século XVI. A Virgem é venerada por milhões de pessoas todos os anos e o seu culto espalhou-se por toda a Espanha.

Outro edifício notável do palácio é o Oratório Real de San Felipe Neri, um local sagrado dedicado à oração e aos exercícios espirituais. O oratório foi construído pelo arcebispo Don Diego Ramírez de Arellano entre 1742 e 1748, em estilo barroco sevilhano.

Palácio do Arcebispo de Sevilha

Arquivo das Índias.

O Archivo de Indias é uma das principais atracções turísticas de Sevilha. Trata-se de um edifício construído no século XVI, que alberga documentação histórica sobre a administração colonial espanhola na América do século XV ao século XIX. É considerado Património Mundial da UNESCO e vale bem a pena visitá-lo para conhecer melhor a nossa história.

A coleção do arquivo inclui numerosos documentos históricos, cartas e mapas relacionados com a colonização espanhola das Américas. O arquivo contém também relatos das viagens de exploração ao Novo Mundo, bem como várias informações sobre a economia, a cultura e a religião nas colónias americanas.

São organizadas visitas guiadas ao Arquivo das Índias todos os dias, exceto aos domingos e segundas-feiras. A entrada é gratuita e não é necessário efetuar qualquer reserva.

O Museu de Belas Artes.

O Museu de Belas Artes de Sevilha é um dos monumentos essenciais da cidade. Trata-se de um edifício renascentista construído em meados do século XVI, que alberga uma importante coleção de pinturas espanholas do século XV ao século XIX. Destacam-se obras de Murillo, Velázquez, Zurbarán, Goya e Ribera. O museu tem também uma interessante secção dedicada à escultura.

Para além da exposição permanente, o Museu de Belas Artes oferece visitas guiadas, oficinas para crianças e uma vasta gama de actividades educativas e culturais. O museu está aberto ao público todos os dias, exceto às segundas-feiras. A entrada é gratuita para todos os visitantes.

Torre del Oro, Sevilha

Torre de Oro.

A Torre de Oro é uma das jóias de Sevilha. Situa-se no centro da cidade e é uma das principais atracções turísticas. Foi construída no século XIII como parte da muralha que rodeava a cidade.

Diz-se que foi construído para guardar os tesouros da cidade, mas também se crê que é uma referência à riqueza e prosperidade de Sevilha na altura.

A Torre de Oro é uma torre de treze lados coberta de placas de cobre dourado e branco. É constituída por dois pisos e foi concebida com portões nos pisos superiores para a defender de ataques exteriores. As portas estão decoradas com figuras geométricas e são consideradas um exemplo único de arte islâmica em Espanha.

A Torre de Oro é um lugar único no mundo e um emblema fundamental para os habitantes de Sevilha. É um exemplo incrível do património histórico e arquitetónico local e continua a ser uma atração turística popular.

Jardins de Murillo

Os Jardins de Murillo, situados no centro histórico de Sevilha, são um belo parque público com uma grande variedade de árvores e plantas. Foi projetado pelo arquiteto Alonso Martínez García para fazer parte do Parque María Luisa. Está rodeado por florestas exuberantes e tem inúmeras fontes, lagos e até um pequeno lago.

Os Jardins Murillo são um local perfeito para passear com a família ou apanhar banhos de sol nos bancos à sombra das árvores. É também ideal para admirar a beleza floral do parque; existe uma variedade impressionante de flores e espécies vegetais exóticas que tornam os jardins ainda mais coloridos.

Durante o verão, os jardins acolhem numerosos eventos culturais, como concertos, exposições e actividades para crianças. Os visitantes também podem desfrutar do parque infantil e de uma interessante biblioteca exterior.

Conclusão?

Os monumentos de Sevilha são uma parte importante da sua cultura e património. Compilámos os 10 principais pontos turísticos para que possa aproveitar ao máximo a sua viagem à cidade. Desde palácios antigos a igrejas magníficas, há muito para encontrar nesta bela cidade espanhola. Se ainda não viu estes lugares maravilhosos, encorajamo-lo a visitar Sevilha o mais rapidamente possível!